Passagem do Rio de Janeiro é reduzida. Em São Pedro da Aldeia não há previsões de diminuição.

Protestos foram intensos no Rio de Janeiro e levaram o governo a atender reivindicação inicial do movimento.
Manifestações de repúdio a falência das instituições públicas e contra a incompetência governamental que representa mais os interesses de grande empresários do que os do próprio povo que contribui, além de outros fatores, financeiramente levaram ao governo da cidade do Rio de Janeiro a voltar atrás do aumento concedido para as empresas municipais de ônibus. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (19/06) e valerá à partir de amanhã (20/06). A anulação do aumento das tarifas de metrô, trem e barcas será publicado, segundo o Governo do Estado, no Diário Oficial na quinta-feira (20/06), mas só passará a valer na sexta (21/06).

Eduardo Paes, prefeito da capital do estado informou que a Prefeitura vai arcar com os 20 centavos da passagem, que serão pagos com dinheiro público, ou seja, a população continua pagando o aumento só  que de outra forma. A situação é bem parecida com o que ocorre em Cabo Frio, com a passagem a R$0,50, e em Macaé, passagem a R$1.

O valor chega a R$ 200 milhões anuais. Uma das medidas que ajudariam a reduzir a passagem e não ser necessário o subsídio da prefeitura é a desoneração do diesel, combustível usado pelos ônibus, por parte do governo federal.

Referente aos preços das tarifas intermunicipais de todo o estado, o governo do estado não se manifestou a respeito.

Em São Pedro da Aldeia, no segundo dia de 2013, a Viação São Pedro, um dos braços da Viação Salineira, aumentou a passagem de R$ 2,60 para R$ 2,80 autorizado pelo Detro. Nenhum pronunciamento municipal oficial referente a diminuição dos preços das passagens ou melhoras no transporte público foram anunciadas.

Um grupo de manifestantes marcaram pela rede social Facebook, usada para dar início ao movimento nacional e internacional brasileiro, um protesto contra o aumento da passagem e melhoras no transporte público além de apoio ao movimento nacional contra a opressão e pela liberdade de expressão.. De acordo com a organização, o manifesto será realizado na segunda-feira (24/06) às 16h30 no centro de São Pedro da Aldeia com concentração na Praça Dr. Plínio de Assis Tavares.

Créditos ao Diário Aldeense
Passagem do Rio de Janeiro é reduzida. Em São Pedro da Aldeia não há previsões de diminuição. Passagem do Rio de Janeiro é reduzida. Em São Pedro da Aldeia não há previsões de diminuição. Reviewed by Higor Soares on 19:27 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.