Chumbinho diz que esgoto tratado não vai pro Una e sim para outros dois rios.

Laguna Araruama - São Pedro da Aldeia
Em declaração publicada hoje pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São Pedro da Aldeia, chumbinho disse que esgoto tratado pelas ETEs (Estação de Tratamento de Esgoto) da cidade e de Iguaba Grande irão para os rios Flexeira e Papicu, ambos na zona rural. Segundo nota, a medida visa dar maior suporte ao produtor rural além de contribuir na manutenção da vida na Laguna Araruama.

“Estamos falando de esgoto tratado de forma até terciária, com 95% de pureza e que será lançado nos rios Flexeira e Papicu e não no Rio Una. A maior parte desses efluentes será usada para irrigar a agricultura. Foram anos de estudos para que o Consórcio Ambiental Lagos São João chegasse a um projeto que evitasse o lançamento de água doce tratada na lagoa hipersalina de Araruama, sem prejudicar qualquer outro ambiente, muito menos o Rio Una e Armação de Búzios,” explicou.

Hoje (05/06), moradores e representantes da Câmara de Vereadores de Búzios marcaram um protesto, por volta das 15h, na entrada da cidade contra a aprovação em regime de urgência da Lei Estadual de nº 2158/2013 que libera verba para a transposição dos efluentes das ETEs de São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande para o Rio Una.

A Prolagos informou através de nota que: "A concessionária de água e esgoto da Região dos Lagos, trata os esgotos atendendo a todos os padrões de qualidade e legislação vigentes. Os resultados desta operação são acompanhados pelos órgãos ambientais e pela agência reguladora. O cronograma de obras executado pela empresa segue, criteriosamente, o que é definido pelo poder concedente (Governo do Estado do Rio e Prefeituras), após debate técnico realizado no Consórcio Intermunicipal São João e no Comitê de Bacias, onde toda a sociedade civil organizada e as ONGs têm direito a voz".

Estudos de viabilidade

Um conjunto de estudos foram feitos a partir de 2004 pela Geoport Consultoria e Estudos Ambientais a fim de dar um novo destino ao esgoto tratados das ETEs dos municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal Lagos São João e ajudar a salavr a Laguna Araruama da enxurrada de água doce que prejudicaria e muito o seu ecossistema hipersalino.

Em 2008, o professor Marcos Von Sperling, do departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da Universidade Federal de Minas Gerais, estudou juntamente com técnicos da Fundação Christiano Ottoni, várias projeções para solucionar o problema, dentre elas o Rio Una. O levantamento foi resultado no trabalho “Modelagem da Qualidade das Águas da Bacia do Rio Una após Reversão dos Efluentes Tratados de Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Cabo Frio”.

Com os dados de campo, monitoramento da qualidade da água e simulações da água futura, foi usado um modelo matemático, adotado na universidade mineira, baseado em modelo da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, utilizado mundialmente. Foram analisados o Rio Una e os corpos receptores imediatos dos possíveis lançamentos: o Rio Arrozal-Papicu, que poderá vir a ser o futuro receptor dos efluentes da ETE Iguaba Grande, o Rio Flexeira, que pode receber os efluentes da ETE São Pedro da Aldeia e o Córrego da Malhada – atual receptor dos efluentes tratados da ETE Jardim Esperança e que também deverá receber os efluentes da ETE Cabo Frio/Tamoios. Também foi realizado outro estudo chamado “Batimetria do Rio Una”, realizada em 2009, pelo biólogo Flávio Antônio Gomes e pelo matemático Roberto Negrão.

Ambos os estudos foram um desdobramento de outro importante documento, produzido pela Geoport Consultoria e Estudos Ambientais, em 2004, que foi a base para a tomada de decisão do CILSJ, favorável à transposição dos efluentes das ETEs para o Rio Una. A questão foi intensamente debatida no Conselho de Associados do CILSJ, assim como a necessidade do reuso dos efluentes tratados e seu aproveitamento em irrigação, indústrias, lavagem de áreas urbanas e outras atividades, desde que não comprometessem a saúde humana e não colocassem em risco o meio ambiente.

Créditos ao Diário Aldeense
Chumbinho diz que esgoto tratado não vai pro Una e sim para outros dois rios. Chumbinho diz que esgoto tratado não vai pro Una e sim para outros dois rios. Reviewed by Higor Soares on 18:13 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.