Brasil entra na rota do tráfico de haitianos para países da América do Sul

O Haiti, Localizado no caribe, é o país mais pobre do continente americano e t~em sérios problemas infra-estruturais e socioeconômicos.
Pela primeira vez, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Acre e a Polícia Federal conseguiram comprovar que o Brasil entrou na rota do tráfico de haitianos para outros países. Nesta semana, em operação conjunta da secretaria e da PF no Aeroporto de Rio Branco, foram detidos um menor haitiano de 14 anos e o conterrâneo Inocente Olibrice, maior de idade. Olibrice, que atuava como 'coiote', embarcaria com o menor para a Guiana Francesa e, em contrapartida, receberia 500 euros pelo tráfico.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Nilson Mourão, disse à Agência Brasil que as investigações em parceria com a PF tiveram início há 30 dias. Segundo ele, depois de Inocente confessar em depoimento na Polícia Federal que fazia tráfico de imigrantes do Haiti, ele foi recolhido para a penitenciária da capital acriana, onde ficará detido enquanto responder a processo por tráfico de seres humanos e estelionato.

O menor está sob a guarda da Secretaria de Direitos Humanos e foi encaminhado de volta ao abrigo, em Brasileia (AC), onde 1.100 haitianos aguardam regularização, pela Polícia Federal, da entrada ilegal no Brasil. Nilson Mourão informou que o governo do Acre tenta contato com os parentes do jovem no Haiti e na Guiana Francesa para que possam buscá-lo.

O secretário disse que o governo do estado já acompanhava os passos de Inocente Olibrice há algum tempo. Legalizado no Brasil, o haitiano foi identificado fazendo a rota entre Brasileia e Rio Branco com frequência. Na capital, ele adotou a estratégia de convencer os haitiano que tirariam a Carteira de Trabalho a partirem para a Guiana ilegalmente onde ganhariam em euros. Ao mesmo tempo, o coiote cobrava uma espécie de pedágio para o envio dos compatriotas ao outro país.

“Esse foi o primeiro coiote identificado e preso em Rio Branco. A prisão de Inocente só confirma a nossa tese que essa imigração também é organizada por coiotes que atuam no Brasil. As pernas desses traficantes de seres humanos tem que ser cortadas para estancar isso”, destacou Mourão. O secretário acrescentou que a ação dos coiotes só será “estancada” com ações conjuntas dos governos do Brasil, da Bolívia, do Peru e Equador.

Em novembro de 2012, quando a reportagem da Agência Brasil esteve em Brasileia e Rio Branco para acompanhar a imigração ilegal haitiana, o tráfico humano foi denunciado pelo pároco Onac Axenat, missionário da Sociedade dos Sacerdotes de São Tiago (SSST), da Igreja Católica. O padre disse que cada imigrante de seu país gasta até US$ 4 mil “para se submeter a uma rede de tráfico” comandada por coiotes que atuam em Porto Príncipe, capital haitiana.

Créditos à Agência Brasil
Brasil entra na rota do tráfico de haitianos para países da América do Sul Brasil entra na rota do tráfico de haitianos para países da América do Sul Reviewed by Higor Soares on 19:26 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.