Saúde aldeense será informatizada

Em breve São Pedro da Aldeia terá seu setor de saúde completamente informatizado. Foi apresentado ao Prefeito Carlindo Filho e autoridades ligadas à área de saúde, o sistema Conexall, que irá integrar todas as unidades de saúde do município via intranet e internet. O fim das rotineiras filas de espera, a descentralização das marcações de consultas e exames, controle de medicamentos e monitoramento remoto das unidades em tempo real são algumas das vantagens oferecidas pelo projeto. A apresentação aconteceu no gabinete do Prefeito e foi coordenada pelos responsáveis pelo sistema.

O Prefeito Carlindo Filho acredita que a implantação do sistema é de grande importância para o município, uma vez que diversos problemas na área de saúde serão solucionados. “Acredito que vai melhorar e muito. Vamos ter uma organização maior e um controle melhor com essa descentralização das marcações de consultas, além de dinamizar o trabalho. Vai acabar com aquela agonia de filas, o usuário não vai precisar mais sair da sua casa de madrugada e dormir na fila para marcar exames. A implantação do projeto só tende a dar dignidade aos nossos munícipes”, declarou.

O secretário de saúde, Carlos César Machado, também ressaltou a importância do projeto e da descentralização da marcação de consultas. “Os benefícios são vários e vem complementar a solicitação do Prefeito Carlindo Filho no sentido de descentralizar. A pessoa irá dispor, dentro do seu bairro, de todo um sistema de marcação de consulta. Isso evitará o deslocamento da população e as filas de espera nos postos”, disse.

De acordo com o engenheiro de sistemas e responsável pelo Conexall, Júlio César Carneiro, o processo de implantação do sistema teve início em novembro e a previsão de finalização é para o início de 2012. Na Policlínica de São Pedro da Aldeia 30 computadores já chegaram e o servidor já foi instalado. “Agora nós estamos fazendo um levantamento de preço para colocar internet e ligar em todos os postos. Posteriormente, os nomes e agendas de todos os médicos das demais unidades de saúde também constarão no sistema”. Carneiro explicou ainda que a intenção, nesse primeiro momento, é informatizar as unidades de saúde mais distantes, como a de Três Vendas e Botafogo. A disponibilização de vagas varia de acordo com a demanda das unidades de saúde de cada região e com o percentual de vagas de seus médicos.

Segundo o engenheiro, a integração entre os setores de saúde, além de permitir maior organização e agilidade na marcação de consultas, também contribuirá para a economia de telefone e controle do almoxarifado. “Como a Secretaria de Saúde estará integrada, através da comunicação online, o uso do telefone será bastante reduzido. Outra vantagem é o controle do almoxarifado e dos medicamentos. Todos os remédios das farmácias básicas já estão sendo cadastrados. Cada medicamento retirado pelo usuário constará no sistema. Também tem a questão do monitoramento, através de câmeras instalados nos postos, que permitirá aos gestores visualizar a movimentação dentro das unidades de saúde”, disse.

O diretor de controle e avaliação, Osvaldo Coelho, destacou que o sistema trará, ainda, transparência nas ações dos agentes de saúde. “Esse tipo de trabalho informatizado valoriza a gestão e dá mais transparência nas contas públicas. Isso vai permitir um melhor relatório de gestão, controle de estatísticas e equidade de acesso”.

Logo será iniciado o treinamento dos gestores para administrar o sistema. Durante a capacitação, serão feitos os cadastros dos pacientes e seus prontuários. Cada paciente poderá marcar, no máximo, três consultas futuras. Para realizar a marcação, a pessoa deverá se cadastrar no sistema, apresentando o CPF, identidade ou o cartão do SUS. Além disso, as informações ao paciente sobre consultas e exames agendados serão fornecidas via SMS no celular, e-mail e pelo TAI – Terminal de Atendimento Informatizado –, onde é possível receber orientações e conferir o dia, horário e médico da consulta, através de um sistema de voz.

Na ocasião, estiveram presentes o secretário de saúde, Carlos César Machado, o diretor de saúde, Douglas Sampaio, o secretário de fazenda, Carlos Augusto Monteiro, o diretor de controle e avaliação, Osvaldo Coelho, a coordenadora de saúde da área de Atenção Básica, Jaqueline Tinoco, além do analista de sistemas do Conexall, Carlos Leão.

Créditos à PMSPA. Fotos de Cesar Valente
Saúde aldeense será informatizada Saúde aldeense será informatizada Reviewed by Higor Soares on 22:30 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.